NOTÍCIAS

Dia do Idoso

28/09/10

Na data em que comemoramos o “Dia do Idoso”, a Secretaria Sinodal da Terceira Idade ousa apresentar às Igrejas alguma reflexão a respeito dessa importante fase de nossas vidas.
Só fica idoso quem não falece cedo, por isso o desejo de cada um de nós de vir a ser idoso.

O Salmo 71, que foi titulado como “Súplicas de um ancião”, nos versos 9 e 18, espelha a limitação do idoso: “Não me rejeites na minha velhice; quando me faltarem as forças, não me desampares. Não me desampares, pois, ó Deus, até a minha velhice e às cãs; até que tenha declarado à presente geração a tua força e às vindouras o teu poder.”

Nas nossas comunidades crescem o número de pessoas idosas, por isso necessitamos desenvolver programas que atendam seus interesses.

Os programas mais adequados são os que iniciam dos interesses dos próprios idosos, sob pena de perderem legitimidade, pela sua artificialidade ou imposição da liderança.
Não devemos buscar nas pessoas idosas aquilo que elas não podem oferecer, bem lembra Marguerite Yourcenar: “Nosso grande erro é tentar obter de cada um em particular as virtudes que ele não tem e negligenciar o cultivo das virtudes que ele possui”.

As pessoas idosas têm muito a oferecer às nossas Comunidades, desde que lhes sejam dadas as oportunidades e respeitados seus interesses.

Que possamos estar dedicando especial atenção às pessoas idosas, pois, elas fazem parte integrante da nossa família da fé.

Podemos começar pelo nossos ambientes físicos que sejam adequados às suas necessidades de locomoção e uso dos equipamentos de forma segura, enfim criar uma cultura que, discretamente, possa oferecer mais conforto e segurança às pessoas idosas.

Lembrar que as pessoas idosas já se ressentem de concentração em mensagens prolongadas e tem sua acuidade visual e auditiva reduzidas. Os tropeços de suas memórias não devem ser objeto de críticas ou observações que denigram sua imagem, mas, sim, devem ser escutadas com ouvidos misericordiosos.

Seus testemunhos devem ser incluídos com atenção especial como parte de nossa adoração e enriquecimento da Comunidade, lembrando de Simeão e Ana (Lucas 2.25 ss e 36 ss)
Estaremos, com isso, incluindo de forma efetiva e amorosa as pessoas idosas que se sentirão valorizadas, honradas e dignificadas no viver de nossas Comunidades.

A todos a nossa saudação fraternal e amiga e o compromisso da Secretaria Sinodal da Terceira Idade estar à disposição para troca de experiências.

Feliz Dia do Idoso, que não pode estar limitado a uma data de setembro, mas todos os dias do ano!


Rev. Luís Carlos Vieira – Secretário Sinodal da Terceira Idade.